Plano de Ação do Estabelecimento Espaço Escola Serviços Públicos de Apoio Escolar Aniversariantes Nossa Mensagem
Biblioteca Virtual
Espaço dos Professores Bancos Fotos Fale Conosco

Quantidade de Páginas visitadas


 

 

Guimarães Rosa


É preciso sofrer depois de ter sofrido, e amar, e mais amar, depois de ter amado”


    João Guimarães Rosa (Cordisburgo, 27 de junho de 1908 — Rio de Janeiro, 19 de novembro de 1967), era o primeiro dos seis filhos de D. Francisca (Chiquitinha) Guimarães Rosa e de Florduardo Pinto Rosa, mais conhecido por "seu Fulô" comerciante, juiz-de-paz, caçador de onças e contador de estórias.

   Foi um dos mais importantes escritores brasileiros de todos os tempos. Foi também médico e diplomata.

  Os contos e romances escritos por João Guimarães Rosa ambientam-se quase todos no chamado sertão brasileiro. A sua obra destaca-se, sobretudo, pelas inovações de linguagem, sendo marcada pela influência de falares populares e regionais. Tudo isso, somado a sua erudição, permitiu a criação de inúmeros vocábulos a partir de arcaísmos e palavras populares, invenções e intervenções semânticas e sintáticas.


A Terceira Margem do Rio

Noites do Sertão

O Burrinho Pedrês

Primeiras Estórias





















































Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito