Plano de Ação do Estabelecimento Espaço Escola Serviços Públicos de Apoio Escolar Aniversariantes Nossa Mensagem
Biblioteca Virtual
Espaço dos Professores Bancos Fotos Fale Conosco

Quantidade de Páginas visitadas

ÓRGÃOS COLEGIADOS

    No artigo 14 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) está claro que:
    Os sistemas de ensino definirão as normas da gestão democrática do ensino público na educação básica, de acordo com as suas peculiaridades e conforme os seguintes princípios:

  • participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto pedagógico da escola;

  • participação das comunidades escolar e local em conselhos escolares ou equivalentes.

   Outro benefício advindo de gestão democrática é a ampliação da presença da escola em sua comunidade, de modo que possa intervir para a melhoria da realidade social, econômica e cultural da região.

    O tema Gestão Democrática tem que ser ampliado para toda a sociedade e não apenas aos professores, alunos e funcionários. A comunidade precisa se apropriar dessa concepção.

   Neste sentido a escola visa alunos, professores e toda a comunidade escolar como protagonistas da construção social e não apenas telespectadores, tendo visão holística e rumos à novos paradigmas.

    Os Órgãos Colegiados que estão em prática nesta Escola são:


A. P. M. F.

    A Associação de Pais, mestres e Funcionários é a instância privilegiada para fazer acontecer a participação efetiva dos pais na vida da escola. Assim, a APMF pode contribuir de maneira fundamental para a melhoria da qualidade de ensino, através da democratização das discussões e decisões e do apoio efetivo às ações voltadas ao concretização dos objetivos da escola.

   É através dela que a gestão dos recursos financeiros pode se tornar um processo efetivo de discussão e decisão democrática, uma vez que é através da associação que a maior parte dos recursos destinados á escola é movimentado, pois a aplicação desses recursos só pode ser feita depois de aprovação em assembléia geral. O trabalho da APMF, é a integração entre família, educadores e escola. Tem a finalidade de consolidar a participação da comunidade escolar na construção e no acompanhamento da proposta pedagógica da escola.




CONSELHO ESCOLAR

    O Conselho Escolar é o órgão consultivo deliberativo e de mobilização mais importante do processo de gestão democrática na escola. Sua tarefa mais importante é acompanhar o desenvolvimento da prática educativa e, nela, o processo ensino-aprendizagem. Assim, a função do Conselho Escolar é fundamentalmente político pedagógica. É política na medida em que estabelece as transformações desejáveis na prática educativa escolar. E é pedagógica, pois indica os mecanismos necessários para que essa transformação realmente aconteça. Nesse sentido, a primeira atividade do Conselho Escolar é a de discutir e delimitar o tipo de educação a ser desenvolvido na escola, para torná-la uma prática democrática comprometida com a qualidade socialmente referenciada.

    O Conselho escolar possui uma característica própria que lhe dá dimensão fundamental: ela se constitui uma forma colegiada da gestão democrática. Assim, a gestão deixa de ser o exercício de uma só pessoa e passa a ser uma gestão colegiada, na qual os segmentos escolares e a comunidade local se congregam para juntos, construírem uma educação de qualidade e socialmente relevante. Seus membros são escolhidos paritalmente entre membros da comunidade escolar e membros da sociedade civil organizada.



CONSELHO DE CLASSE

    O Conselho de Classe é um colegiado, no qual, diretor, equipe pedagógica, alunos e professores se encontram para discutir o ensino aprendizagem e o desempenho dos alunos. O Conselho de Classe pode se tornar um momento de reflexão, quando se discute as dificuldades de ensino, de aprendizagem, adequação dos conteúdos curriculares, metodologia empregada, enfim da própria proposta pedagógica da escola para se adequar às necessidades dos alunos. É um espaço de trabalho participativo em que alunos e educadores avaliam e dão encaminhamentos para que haja um crescimento e amadurecimento coletivo.

    Ainda falta uma conquista maior em relação a conselho de Classe, pois falta a participação dos pais em todas as questões que se referem ás ações político-pedagógicas e administrativas do estabelecimento.

   O Conselho de Classe, para cumprir sua função, exige do professor um olhar cotidiano, detalhado sobre cada indivíduo para que durante o mesmo, possam contar, explicar, lembrar, refletir e definir a partir daquilo que observaram e obtiveram como informação sobre a aprendizagem e o desenvolvimento de cada um, o tipo de progressão adequada para cada aluno.Caberá ao Conselho de Classe o acompanhamento do processo de Avaliação de série – turma a que pertence, de acordo com o Regimento Escolar do Estabelecimento, ou seja, conselho para cada turma.





















































Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito